O processo de globalização encurtou distâncias, caminhos, processos comunicativos, assim como as trocas de culturas e saberes. Com os grupos musicais e artistas não é diferente, são cada vez mais comuns à circulação dos mesmos em festivais locais, regionais, nacionais e internacionais. Tendo como foco de discussão a circulação internacional é que propomos essa roda de conversa, a fim de esclarecer, contribuir nos processos burocráticos (passaportes, vistos, embaixadas) existentes nos diversos cenários mundiais. Na ocasião, teremos dois convidados com experiências práticas e teóricas que ajudarão os músicos e artistas na referida empreitada.

Sobre os convidados:

 

José Maria McCall Zanocchi é advogado (OAB/CE 15.421). Bacharel e Mestre em Direito pela UFC, com Pós Graduação em Direito da Propriedade Intelectual pela PUC-Rio.

Cônsul Honorário da República Oriental do Uruguai em Fortaleza-CE e Presidente da Sociedade Consular do Ceará (biênio 2017-2019).

Compositor e guitarrista, com passagens pelas bandas Behead, Carcará, Monophone e 432Hertz.

Jean Felipe Rodrigues é produtor cultural, estudante de Relações Internacionais e Processos Gerenciais. É fundador da produtora Banana Seca Discos de Pacatuba – CE onde trabalha com diversas bandas do Ceará e do Brasil em circuitos internacionais de shows e turnês. Tem em seu currículo a produção e o gerenciamento de tours de bandas como: Coldness (Intervention – África e Europa Tour), Thrunda, Caike Falcão, Paulo Kalu, Deco Honorato, Jane Oliveira além do intercâmbio com bandas Africanas como: Primitive e Tony Di Marineta.

Público Alvo: músicos, artistas, produtores culturais, advogados, jornalistas.

Dia 27 de janeiro de 2018

Horário: 16 horas

Local: Auditório do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura

Entrada Franca.

0